De quem é a culpa?

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

CURARE (de Marcos Salvatore)

by Frida Kahlo

Que nome eu dou pra mim?

Imaginando as suas cores e os tons de rosa da pele e da boca
Me concebendo de novo e de novo enquanto tiro a sua roupa
Falando quase comigo tão assim que ninguém percebe
Com você me tomando enquanto me bebe

Me deixando ser tomado de um só gole
Para matar sua sede, para que você me console