De quem é a culpa?

segunda-feira, 28 de março de 2011

CRONIKETA VII (Histórias de Raquel e Solange)

(Por Fabio Castro)

Trilha Sonora: Folhetim – Chico Buarque.

Quarta-feira de cinzas, Raquel e Solange faziam um balancete do bloco de carnaval que participaram, na noite anterior, em Santa Teresa, no Rio.

- E aí, Quelzinha, o que houve? Teve uma hora que você sumiu...

- Menina... conheci um americano escândalo!

- Sério?!

- O quê? Desse tamanho. De perder de vista.

- E aí? Conta, conta!!

- E aí nada. Ele não falava uma palavra em português e você sabe que o meu inglês não existe. No máximo que rolou foi um beijinho no rosto.

- Que horror, Quequel!!

- E você, Sô, por onde andou?

- Eu continuei um pouco no bloco, mas logo me dispersei quando me agarrei com aquele russo espetáculo, lembra?

- Tá brincando? Aquele que era de fechar o comércio?

- Isso! Esse mesmo.

- Menina!... mas ele falava português? Porque russo eu sei que você não fala...

- Nem uma palavrinha.

- E como vocês se comunicavam?

- A mão dele falava português fluentemente.

- E eu presumo que a sua, russo.

- Desde pequena. Você não sabia que as mãos são poliglotas?

- Ai, Sô, não sei como você tem coragem!

- Hum... hum... tão menina, tão mulher e tão tola.