De quem é a culpa?

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

PURA IDADE (de Marcos Salvatore)



O broxa Ano Passado acordou descalço e chapado
Pegou sua mulher pagando um ket no Ano Novo
Encheu-se de dor e matou a si mesmo.
Caiu com a cara enfiada no ralo.

Encomendo agora a sua alma

Aqui jaz
Terra à terra
Cinzas às cinzas
Pó ao pó

Etc. etc., e é claro, etc.