De quem é a culpa?

domingo, 16 de setembro de 2012

ANJOS DA NOITE (de Wilson Barros)

 
Monólogo de Lola (Chiquinho Brandão)
 
"Eu não fiz nada, porra!
Eu não fiz nada!
Por que eu?
Porque eu sou veado?
Por que?
Porque eu me visto de mulher e acredito nisso?
Eu sou a fantasia barata de todos vocês.
E vocês?
Que me ignoram com essas caras de imbecis.
Seu bando de bunda-moles!
Passivos!
Mesmo com toda a promiscuidade vocês nunca deixaram de ser muito bem comportados.
Eu conheço o sonho de todos vocês seus veados, frouxos!
Suas esperanças são pobres.
Miseráveis!
Hipócritas!
Vocês gostariam mesmo era de serem mulherzinhas, maridinhos.
Se pudessem teriam um bando de filhinhos.
Uma fileira de adoráveis monstrinhos.
Mas pode esquecer essa merda toda!
Banheiros imundos,
Bancos traseiros de carros,
Sombras,
Sexo escroto,
Pelo meio,
O tesão sempre no lugar errado,
Quem?
Ninguém vai reagir não, né?
Burros!
Burros, passivos, escrotos.
Quê que vocês fizeram do Brasil?
O que vocês fizeram da sexualidade?
Que merda vocês fizeram da...
Que merda?"